Notícias sobre a resistência no Bom Sucesso

No Porto24, um pequeno vídeo: http://porto24.pt/multimedia/31052011/movimento-bom-sucesso-vivo/

No JPN: Bom Sucesso: E ao último dia, o mercado não fechou

No Público: Mercado do Bom Sucesso está aberto e à espera dos clientes habituais

Anúncios

Tivemos Bom Sucesso! Mercado não fecha

Mercado do Bom Sucesso, foto de Carlos Romão

Hoje a manhã começou muito tensa no Mercado. A polícia municipal (!) teve ordens para impedir filmagens ou fotografia dentro do Bom Sucesso. Mas hoje, precisamente a marcar o dia do fecho anunciado, houve mais de uma dezena de fotógrafos e fotógrafas, um realizador de cinema, várias horas a captarem imagens e som. Um cidadão tomou a iniciativa de saber a mando de quem se executava tal ordem e contactou o serviço de comunicação social da Câmara pedindo que o informassem com base em que legislação estavam a impedir esse direito. Do gabinete responderam que iam confirmar e que voltavam a ligar. Não voltaram a ligar mas a polícia deixou o Mercado. Pouco depois,por volta das 11h entravam vários repórteres televisivos.
O ambiente foi muito tenso, houve lágrimas, objetos partidos em momentos de maior raiva, martelos a desmontar bancas de aço. Apesar de ser dia de trabalho e de aulas compareceram algumas dezenas de pessoas em solidariedade com as comerciantes. Um numeroso grupo de jovens voluntariou-se para ativismo neste Movimento.
Os vereadores Correia Fernandes e Manuela Monteiro (PS) e a deputada municipal Ada Pereira de Silva (BE) marcaram presença.
Mas passou a hora de fechar e as portas não fechavam. Diziam que iam dar até à meia noite para removerem tudo. Mas a verdade é que muitos comerciantes se recusaram a remover o que quer que fosse. No setor dos talhantes quase todos já tinham abandonado o mercado, tendo retirado equipamentos de frio com antecedência.
Entretanto a notícia chegou pela voz dum dos comerciantes que interpôs a providência cautelar alegando irregularidades no processo de negociação entre a Câmara e as comerciantes: o Mercado amanhã vai estar aberto! Levantou-se de imediato uma salva de palmas.
Amanhã lá estaremos. Não vamos desistir de lutar pelo Mercado.

Providência cautelar para impedir encerramento

Segundo o Porto24 10 comerciantes vão interpor providência cautelar para que mercado não feche durante as obras e para que tenham garantias de poder regressar depois. Ler notícia aqui.

Mota-Engil usa fundação para ‘filantropicamente’ destruir o Mercado

Confirmam-se agora os grandes interesses do camartelo por trás da destruição do Mercado. A Fundação Mota-Engil, que se afirma com fins filantrópicos, quer instalar-se nos escritórios projetados para o interior.
Quem nos protege desta filantropia?

Protesto por um Mercado do Bom Sucesso Vivo!

foto de bricolage.108, Flickr

Esta terça-feira, 31 de Maio, às 17h, o Mercado tem encerramento anunciado. Esta data foi alterada face ao novo prazo para encerramento anunciado pela Câmara.

Apelamos a todos e todas as apoiantes desta causa que venham ao Mercado, a partir das 14 horas, aproveitem a vossa pausa de almoço ou permaneçam até à hora de encerramento.

Por uma ação de cidadania! Por um Mercado Bom Sucesso Reabilitado e Vivo!
É responsabilidade dos cidadãos portuenses uma atitude participativa na sua cidade.

A nossa luta por uma verdadeira requalificação do Mercado Municipal vai continuar.

A cidade tem direito a um mercado municipal com comércio de proximidade!

Porto24 reporta quem ouviu e o que ouviu na concentração

«Oposição vai confrontar Rui Rio com incumprimentos no Bom Sucesso»

Citamos:

Na reunião do executivo da próxima terça-feira, Rui Sá, vereador da CDU, vai exigir uma explicação para o facto de a Câmara do Porto não ter cumprido o que estava aprovado no âmbito da reabilitação do Mercado do Bom Sucesso: a criação de um “mercado provisório”. Já o vereador socialista Manuel Correia Fernandes quer ver o  projecto de reconversão do imóvel e admite partir para a justiça, caso “as plataformas de debate político” não funcionem. O que conhece dos planos da autarquia, diz, “desrespeita um conjunto de regras”.  Ler notícia completa

Concentração mostra indignação pela destruição do Mercado

concentração pela requalificação do Mercado do Bom Sucesso

concentração pela requalificação do Mercado do Bom Sucesso

Ontem, entre as 17 e as 20 horas concentraram-se 150 a 200 pessoas em frente ao Bom Sucesso. Intervieram elementos do Movimento, cidadãos vários, comerciantes, apoiantes dos Manifestos.

Houve ainda um momento de música com a prestação de um tema de Rui Azul, executado pelo mesmo ao saxofone.

Algumas das comerciantes presentes mostravam-se particualrmente angustiadas com o facto de não terem tido acesso a uma área alternativa para trabalhar durante as obras, ao contrário do prometido pelo Vereador Sampaio Pimentel. «Vamos ter de ir vender para a rua», afirmo uma. «Eu só quero saber se o Sr. Rui Rio vai pagar as contas lá de casa ou se me vai pôr comida na mesa».

Presentes estiveram também representantes de alguns partidos políticos: Rui Sá, vereador pela CDU; Manuel Pizarro, dirigente da concelhia local do PS e Correia Feranandes , vereador PS; João Semedo, Catarina Martins e José Soeiro, deputados do Bloco de Esquerda.

Mário Moutinho, subscrior do Manifesto de agentes culturais, fala na concentração

concentração junto ao Mercado

Rui Azul

alguns elementos do Movimento