Eusébios iniciou processos de indemnização às comerciantes, Movimento toma posição

Comunicado de Imprensa

O Movimento Mercado do Bom Sucesso Vivo! vem por este meio comunicar à imprensa os últimos dados que tem sobre a evolução do processo decorrente de destruição do Mercado de frescos e sua substituição por um Centro Comercial.

Temos conhecimento que no prazo de menos de um mês a Câmara pretende fechar o Mercado do Bom Sucesso para assim dar continuidade ao projecto previsto para uma superfície comercial.

Também informamos ter tido conhecimento da insatisfação generalizada que se tem vindo a instalar por entre as e os cerca de 100 comerciantes marginalizados ao longo do processo e que se queixam do baixo valor das indemnizações que receberam por parte do Consórcio liderado pela empresa Eusébios, muito longe dos valores inicialmente ventilados.

Tomamos pública posição sobre esta questão, denunciando a falta ética e o abuso de poder perpetrado pela Eusébios, ousando maltratar desta forma os vendedores do Mercado do Bom Sucesso. Esta espécie de “despedimento de baixo custo” que está a ser levado a cabo, não só configura um ultraje aos direitos dos trabalhadores como se faz com a aprovação tácita das autoridades que implícita e explicitamente têm apoiado a discriminação dos vendedores do Mercado. Pessoas muitas delas de idade avançada e com uma vida de dedicação ao seu humilde lugar de venda em banca no Mercado vão ser atiradas para o desemprego. É dada a possibilidade de permanecerem no espaço apenas se quiserem abrir um estabelecimento de alimentação gourmet!

A Câmara Municipal, o IGESPAR e a ACT continuam a nada dizer e tudo calar, aumentando o volume deste silêncio ensurdecedor cujo objectivo final é a colocação de uma enorme pedra sobre este incómodo assunto – a construção de um desadequado e excedentário shopping sobre um edifício classificado (IGESPAR).

O Mercado do Bom Sucesso Vivo! promete tudo fazer para salvar o Mercado do Bom Sucesso e os seus comerciantes.

Afirmamos ser uma fraude os valores com que a Eusébios pretende indemnizar os vendedores. Há postos de trabalho e actividades de comércio de proximidade que se perderão.

Denunciamos o compadrio da Câmara do Porto na entrega de património público às mãos de interesses privados que só prejudicam o que é de todos, agora apenas para lucro de muito poucos, teimando em apostar em formas de projectos imobiliários especulativos e de comércio ruinoso que têm levado ao encerramento de inúmeras lojas nos centros comerciais mesmo ao lado.

Apontamos o dedo ao IGESPAR – organismo incapaz de defender o património da cidade – não fazer um mínimo esforço para a compreensão do património Modernista que é o Mercado do Bom Sucesso e que o próprio logrou recentemente classificar! Há um edifício que a cidade perderá.

Continuaremos a usar os instrumentos de cidadania que nos assistem para a protecção do património humano e construído da cidade do Porto.

13 de abril de 2011-04-12

Anúncios

2 responses to “Eusébios iniciou processos de indemnização às comerciantes, Movimento toma posição

  1. O IGESPAR LAVA MAIS BRANCO!

  2. Gostavam de participar de algum modo no movimento contra o fecho do mercado do bom Sucesso.
    For favor contactem-me!
    Deixo o meu email [endereço removido por questões de privacidade da informação]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s