«A cidade pode estar a perder parte da sua história devido aos erros que estão a ser cometidos na reabilitação do seu património»

O Arqº Joaquim Massena deu uma entrevista ao Jornal Económico onde se mostrou muito crítico do processo que a CMP tem seguido em relação à reabilitação de equipamentos públicos.

Em peça jornalística de 3 de Março de 2010, Massena afirma que «é preciso ter um olhar mais atento, mais carinhoso para com a cidade, ver o que ela representa em termos de país de região» e que «a cidade tem sofrido um conjunto de abalos » ao «nível dos espaços públicos» e do «edificado».

Referiu-se ao Bolhão e ao Bom Sucesso como exemplos desse processo de incúria, condenando que se queira entregar a privados «o abastecimento alimentar da cidade».

Sobre a pretensa inviabilidade económica de projectos de reabilitação como soque propõe, em oposição ao que se tem feito, comentou que não é verdade que seja inviável, dado que vários privados, como ele próprio, têm vindo a reabilitar edifícios para uso pessoal dessa forma.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s